gazeta 180

Número 180| Abrir
Macacos me mordam!
Fabio Chalub 
Um recente experimento mostra que os sentimentos de equidade e de justiça não são exclusivo dos seres humanos. Experimentos com macacos servem, por um lado, para compreendermos nossas origens — afinal são os nossos primos, e não estão tão distantes assim; por outro lado,...    (ver mais)
A equação que nunca foi de Pell
António Machiavelo 
Não obstante a sua longa história, as equações de Pell contêm ainda alguns mistérios por desvendar....    (ver mais)
A Terra é um pião
Eduardo Marques de Sá 
No rescaldo de 2013, ano da Matemática no Planeta Terra, apresenta-se uma descrição breve e muito leve de um assunto matemático de dificuldade técnica elevada: a precessão dos equinócios. Fala-se da sua descoberta no séc. II a.C. e da justificação físico-matemática ...    (ver mais)
O jogo de Biggs
Jorge Neves 
Este Canto Délfico tem mote um divertido jogo solitário. O título é reminiscente da metáfora usada por Norman Biggs em para descrever um jogo de fichas sobre um grafo com contornos semelhantes ao nosso. A análise que vamos fazer tem raízes profundas na teoria dos sistemas ...    (ver mais)
O conjunto de todos os conjuntos não existe
Gilda Ferreira 
Com a reintrodução da Teoria dos Conjuntos no programa de matemática do 10.º ano de escolaridade e a referência ao paradoxo de Russell no caderno de apoio ao professor, pareceu-nos pertinente revisitarmos informalmente a temática “classe versus conjunto”. Pretendemos co...    (ver mais)
Três perguntas a Cedric Villani
Jorge Buescu 
O medalha Fields Cédric Villani esteve em novembro de 2015 em Portugal. Ele próprio estrela de cinema (foi protagonista do filme Comment j’ai Detesté les Maths, de Olivier Peyon, e da curta-metragem La Main de Villani, de Jean-Michel Alberola), foi membro do júri do LEFFEST...    (ver mais)