Isto ainda vai interessar-te

A alternativa a não envelhecer é morrer cedo. Mas porque é que envelhecemos? Porque é que não poderíamos ser todos imortais? Mostraremos como pode a matemática ajudar a entender uma das mais antigas questões da Humanidade.


Para ver o artigo na íntegra, por favor efectue login.
Gazeta nº 182, pág. nº 6 | Categoria: Na Linha de Frente | Palavras-Chave: matemática, envelhecimento, biologia, Alzheimer
Autor(es): Fabio Chalub |