Mas, porquê?

O público exige dos cientistas que sejam oráculos ou milagreiros, coisas que não são nem querem ser. A ciência precisa de errar e de aprender com os erros, estará a sociedade disposta a esperar?


Para ver o artigo na íntegra, por favor efectue login.
Gazeta nº 192, pág. nº 52 | Categoria: Matemática e Literatura | Palavras-Chave: pandemia, covid, peste, Daniel Defoe
Autor(es): Nuno Camarneiro |